Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Uma palavra. Sublime...

 

Sempre tive sentimentos ambíguos sobre o Joaquin Phoenix enquanto actor (no que diz respeito ao resto não tenho sentimentos alguns, a minha praia são mulheres...). Vi filmes onde ele contracenava que gostei bastante, outros onde só me apeteceu comprar um jumbo package de pipocas para poder vomitar lá dentro. Portanto baseei a minha noite cinematográfica na mesma teoria que me leva a comprar livros. Leio o prólogo. Se aquilo mexe comigo, compro. Neste caso, vi o trailer. E sim, achei a história curiosa. Ah, e também o facto do Spike Jonze não ter por hábito realizar trampa.

E em boa hora vi o filme. Uma excelente história, maravilhoso elenco e provavelmente, uma das personagens mais complexas que vi Joaquin Phoenix encarnar dada toda a sua simplicidade. Retrata com uma exactidão precisa e algo crua não só as relações interpessoais como tudo aquilo que a tecnologia nos permite obter e tão facilmente perder no processo contrário.

Recomendo vivamente. Para mim, foram duas horas bem passadas que bem podiam ter sido quatro.

Deixo-vos aqui o trailer. Enjoy!

 

E eis que se aproxima...

...o malfadado dia que aterroriza homens feitos.

O dia dos namorados!!!

Aquelas fantásticas 24 horas que definem como será a sua vida nos próximos 364 dias do ano. Sim, porque se metem o pé na argola, não só vão dormir com o bobi como eventualmente irão começar a demonstrar um novo apreço por biscoitos caninos e Pedigree Pal. Ou seja, é um escrutínio sentimental do caroço!

Meus caros leitores (who am i kidding, nenhum gajo lê isto, a estas horas estão todos a masturbarem-se à pala da Erica Fontes...), venho então deixar-vos uns quantos conselhos sobre como agir no dia dos namorados que vos vão poupar muito trabalho e quem sabe, poupar-vos a algumas experiências de zoofilia com o bobi aí de casa...Então é assim...

 

- Faça-a sentir-se especial. Agora que o Mourinho é o Happy One, a sigla Special One está vaga. Portanto, deixe-se de m*rdas e faça alguma coisa de útil da sua existência.

- Leve-lhe o pequeno almoço à cama. Não sabe cozinhar? Vá à pastelaria. Não tem uma pastelaria aí perto? Faça um curso de pastelaria intensiva. Não, não é esse tipo de curso de pastelaria, ó idiota. Eu não lhe disse para a fazer sentir especial? Especial não significa hípismo matinal...

- Ofereça flores. Não tem flores? Compre. Não tem aí uma florista na zona? Roube da vizinha. Who gives a f*ck.... Mas de preferência não as ofereça na jarra senão vai-se arriscar a levar com ela nos cornos...

- Escreva-lhe um poema. Não sabe escrever? Então deixe-se ficar quieto. Se for idiota o suficiente para sacar daquelas frases feitas do "Roses are red, violets are blue", prepare-se para saciar os seus desejos sexuais durante um ano no aspirador da Hoover aí de casa...Se tiver daqueles aspiradores que parecem discos voadores e andam sozinhos pela casa, os meus pêsames...No sucking for you...

- Diga-lhe que a sua vida é miserável sem ela. Se ela anuir em concordância e em silêncio, está safo. Ela conhece-o bem e mesmo assim está disposta a aturá-lo. É uma santa...

- Pense muito bem no que lhe vai oferecer. Se for algo que ela já mencionou um trilião de vezes, você vai passar por previsível. Se for algo que ela nunca falou e nem sequer sabe da sua existência, você vai passar por desatento. Portanto, basicamente reze aos santinhos para que você tenha prestado atenção às palavras dela na altura certa. É um pouco a teoria do Fernando Mendes e do "Preço Certo". Ele diz tudo, os concorrentes é que não pescam um c*ralho do que ele diz...

- Se a escolha recaiu numa peça de roupa ou lingerie...BEWARE!!!! Tenha sempre o cuidado de saber EXACTAMENTE qual o número que ela veste... SEMPRE!!! Um número acima significa que você a acha um bidon de gasolina. Um número abaixo vai fazê-la pensar que ganhou peso e a auto estima dela vai pelo cano e o consumo de chocolate e gelados em casa vai disparar tipo fogo de artifício, o que por sua vez vai levar ao famigerado aumento de peso...

- Leve-a a jantar fora. Ah, e deixe de ser forreta, seu pulha! Nada de McDonald's e afins (a não ser que você queira acabar com a sua relação, aí a coisa muda de figura...). Reserve um bom restaurante, boa comida, um bom vinho, bom ambiente. Ah, e já agora...Desfaça a barba, tome o seu banho mensal e penteie essa trunfa. Eu sei que vai contra a sua religião mas é por uma boa causa.

- Faça o que fizer, tente manter o fluxo sanguíneo mais fluído na cabeça superior. Procure os seus boxers de quando tinha 10 anos e dê-lhe três nós bem apertados nos tintins até ficarem do tamanho de pistáchios. Enquanto consegur articular duas frases minimamente inofensivas, tudo bem. Quando começar a fazer piadas idiotas sobre crueldade animal (afogar o ganso), limpezas (puxar o lustro ao salão) ou higiene (banho de língua) está na hora de se retirar até à casa de banho e dar mais 5 nós. A coisa está a descambar...

 

Não tem namorada? Mulher? Hamster de estimação? É um gajo de sorte. Está safo disto tudo. Pode sentar a peida no sofá a ver o Goucha e a Cristina Ferreira enquanto o resto do mundo vai viver 24 horas das suas vidas rodeado de balões em forma de coração, caixas de chocolate e filas intermináveis para comprar "aquela" prenda tão especial que apenas outras 300 mil pessoas terão outro exemplar.

É um dia giro, admito. Elas ficam loucas naquilo que eles se transformam e eles iludidos a pensarem que elas acreditam piamente naquilo em que eles se transformam por 24 horas. Hate to brake it to you, boys! They know...

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D